Categorias
Blog

Criatividade e inovação: diferença e como promover na sua empresa?

As empresas de hoje em dia estão sempre evoluindo e, para se manterem à frente da concorrência, precisam encontrar maneiras de incentivar a criatividade e a inovação.

Mas qual é a diferença entre estes dois conceitos? A criatividade foi definida como o surgimento de soluções inovadoras, enquanto a inovação consiste em tomar essas idéias e colocá-las em ação.

Embora relacionadas, é importante que as empresas entendam que cada uma delas requer estratégias diferentes para fomentar o crescimento dentro de sua organização.

Neste artigo vamos explorar a distinção entre criatividade e inovação, discutir por que elas são tão importantes e fornecer métodos inovadores para promover ambas dentro de sua empresa.

banner-future-me

O que é criatividade?

Criatividade é sinônimo de inventividade, inteligência e talento – nato ou adquirido – para criar, inventar e inovar. Ela pode ser explorada no campo artístico, científico, esportivo ou tecnológico.

Isto é, trata-se da capacidade de criar, imaginar ou produzir algo novo e diferente.

Desde nossos primeiros anos de vida, somos incentivados a trabalhar a criatividade, pois durante a infância, principalmente, possuímos uma alta capacidade de pensar fora da caixa e uma curiosidade natural sobre as coisas, o que ajuda a propor novos olhares sobre aquilo que todos já conhecem.

Contudo, conforme vamos crescendo, as responsabilidades aumentam e a adequação às convenções sociais fazem com que esse potencial se enfraqueça. É algo natural. Não à toa, muitos adultos costumam se descrever como pessoas pouco criativas.

Mas mesmo que a criatividade seja uma característica que naturalmente perca a sua potência ao longo dos anos, nunca é tarde demais para recuperá-la, pois ela é como um músculo: ao exercitá-la, fica mais fácil utilizá-la quando necessário.

Não se trata de um dom que ilumina algumas pessoas e outras não. Todas as pessoas têm capacidade de ser criativas e a grande diferença é que algumas pessoas exercitam mais esse “músculo” do que as outras, então conseguem pensar mais facilmente em inovações.

O que é inovação?

A inovação, por outro lado, é um efeito da criatividade. Em um primeiro momento, inovação pode parecer apenas aquelas descobertas ou criações mais geniais, mas esse não é o caso.

É claro, esses grandes feitos têm grandes quantidades de inovação envolvidos no seu DNA, mas o conceito de inovação é um pouco mais simples e se aplica a diversas outras áreas.

A palavra “inovação” vem do latim “innovatio” e diz respeito a uma ideia, método ou objeto que é criado e que não se assemelha aos padrões anteriores.

O conceito está muito associado à aplicabilidade, isto é, a capacidade de criar algo novo que atenda a uma necessidade real, impactando positivamente a qualidade de vida e o desenvolvimento humano de alguma forma.

No contexto de empresas, por exemplo, inovação é uma ideia que foi implementada e trouxe bons resultados, seja aumentando a produtividade e a lucratividade ou simplesmente melhorando a qualidade de vida no ambiente de trabalho.

Inovação é sobre encontrar formas de fazer mais com menos e implementar mudanças para aumentar a eficiência dos processos administrativos e financeiros, mas não é só isso.

Inovação é transformação.

Atualmente, costumamos associar muito a inovação com a tecnologia, o que não está, de fato, errado, mas a inovação não é um processo puramente tecnológico.

Independentemente do uso de tecnologia ou não, quando falamos de inovação, estamos falando sobre alguma mudança que tenha impacto positivo na vida das pessoas e na maneira como desempenham seu trabalho.

Qual é a relação entre criatividade e inovação?

Como vimos, inovação e criatividade têm diversos pontos em comum, mas é importante notar que os dois conceitos não são a mesma coisa.

Apesar de serem complementares e que se relacionam em muitos aspectos, não é possível utilizar as duas palavras como sinônimos.

Criatividade diz respeito a uma capacidade humana, que pode ser treinada e exercitada, enquanto a inovação é um produto da criatividade.

Entenda mais sobre essas diferenças a seguir:

As diferenças entre criatividade e inovação

Enquanto a criatividade é a capacidade de produzir ideias novas e inéditas, o conceito de inovação diz respeito à realização dessas abstrações, ou seja, a inovação é a criatividade posta em prática.

A criatividade é uma habilidade, um potencial subjetivo de cada indivíduo e que é liberada pela mente de acordo com determinadas situações e estímulos.

Trata-se de algo que existe dentro da mente humana, que existe dentro do nosso aparelho psíquico e que pode ser canalizada ou não para uma ação concreta na materialidade.

Já a inovação tem relação direta com a ação sobre o mundo real. Trata-se do momento em que a ideia gerada pela criatividade é colocada em prática e passa a ter impacto na vida das pessoas, seja ele positivo ou negativo.

Em outras palavras, a inovação é o produto da criatividade, a criatividade é o combustível da inovação.

Como a criatividade e a inovação funcionam nas empresas?

Por mais novo ou inovador que um negócio seja, dificilmente essa empresa irá existir em um cenário sem concorrentes com ideias parecidas ou até mesmo melhores.

Uma das grandes verdades da vida é que o mercado, nas mais diferentes áreas, é muito competitivo, o que faz com que os fatores de destaque das organizações sejam justamente os seus diferenciais em relação à concorrência.

Clientes, parceiros, colaboradores e fornecedores de qualidade normalmente dão mais preferência a negócios inovadores e criativos, pois essas competências proporcionam confiança nos seus produtos e serviços, além de mostrar que a organização é capaz de ter ideias para se sustentar e manter a competitividade no mercado.

Mas para que as empresas se tornem mais inovadoras e criativas, é necessário desenvolver a habilidade de resolver problemas de maneira inteligente e eficiente, encontrando novas perspectivas para fazer com que a corporação se desenvolva de maneira sustentável financeiramente.

A inovação e a criatividade, portanto, devem partir da gestão, mas também é imprescindível que todos os colaboradores estejam engajados nessa proposta.

Isto é, a empresa como um todo deve estar empenhada em estabelecer processos mais criativos e inovadores em busca melhorar cada vez mais os serviços e produtos.

Como estimular e desenvolver a criatividade e a inovação?

Como estimular a criatividade e inovação?

Agora veja algumas dicas para estimular e desenvolver tanto a criatividade, quanto a inovação na sua vida pessoal e profissional, na sua empresa:

Teste novas abordagens

A palavra-chave para estimular e desenvolver a criatividade e inovação na sua empresa deve ser “teste”. Quando novas ideias surgirem, nem as descarte nem as implemente de maneira definitiva: comece pequeno fazendo um teste.

Se a ideia realmente for boa, ela vai sair da fase de testes e se tornará parte da rotina da sua empresa, enquanto se for ruim, não será adotada e não correrá o risco de trazer prejuízos como se fosse implementada integralmente sem passar por um teste antes.

Comece pequeno

Muitas pessoas acreditam que ser inovador e criativo significa ter ideias grandiosas que impactam a vida de milhares de pessoas e que trazem reconhecimento e admiração.

Como vimos, criatividade e inovação são conceitos que, com certeza, estão nos grandes feitos e descobertas da humanidade, mas também estão nas coisas pequenas do dia a dia.

Tão importante quanto as ideias grandiosas são aquelas que propõem mudanças positivas na rotina da empresa, pois essas têm a capacidade de melhorar não só a produtividade da empresa, mas também a qualidade de vida dos colaboradores.

Ofereça um ambiente de trabalho propício

Um dos fatores que ajuda a melhorar a criatividade e a inovação na sua empresa é a criação de um ambiente de trabalho estimulante, que incentive esses aspectos nas suas equipes.

Isso vai muito além de simplesmente decorar o escritório com um estilo criativo e inovador, mas envolve diferenciar a sua empresa por meio de pequenas ações como organizar treinamentos, criar incentivos financeiros e gerar oportunidades para a equipe participar de eventos.

É muito importante que você também ofereça um bom equilíbrio entre a vida profissional e a pessoa, pois essa ação ajuda a eliminar o estresse e a criar um ambiente propício para a criatividade e inovação.

A lógica é que, ao criar um ambiente de trabalho mais confortável e humano, você possibilita que seus funcionários foquem no desenvolvimento pessoal e criem soluç